Como Ler a Bíblia Mudou a Minha Vida

Como Ler a Bíblia Mudou a Minha Vida

No final de um dos meus primeiros dias lecionando na Kansas School for the Blind (Escola de Kansas para Cegos), uma colega, professora de música, parou na porta do meu estúdio e disse: “Parece que você está começando como professora melhor do que eu comecei".

"Diz pra ela que você orou por isso”, o Espírito Santo sussurrou para mim. “Ai, mas eu não a conheço o suficiente”, eu pensei e dispensei a ideia.

Depois, eu percebi que embora eu sinceramente quisesse fazer a vontade de Deus, frequentemente eu falhava em responder aos sussurros do Espírito. Então, porque eu não obedecia constantemente?

Uma noite, em lágrimas, eu apresentei as minhas falhas diante do Senhor. Como eu mudaria? O Espírito gentilmente falou as seguintes palavras para mim: “Você precisa Me obedecer”. Com essas palavras veio o entendimento de que obedecer o Espírito significava obedecer a Sua Palavra.

Na manhã seguinte, eu cheguei à minha leitura bíblica com um novo anseio de obedecer o que eu lia. João Wesley disse que temos que ler a Palavra “com uma resolução firme de praticá-la”. Essa resolução tornou-se a chave para a minha nova abordagem das Escrituras. Eu tinha uma fome para saber como viver a Palavra. Eu comecei a me perguntar: Como eu poderia aplicar passagens e versículos específicos na minha própria vida para que eles influenciassem minhas ações ou atitudes? Quando eu escolhia ler, estudar e obedecer a Sua Palavra, Seu poder a acompanhava e me dava graça para mudar.

Oswald Smith disse que ser cheio da Palavra é o mesmo de ser cheio do Espírito. É fascinante notar que em Atos 10:47, Pedro disse que os gentios “receberam o Espírito Santo”. Alguns versos mais tarde, ele diz isso de forma diferente: “Os gentios também haviam recebido a palavra de Deus” (11:1). Quando recebemos a Palavra de Deus em nossas vidas, estamos dando as boas vindas ao Seu Espírito.

Em Deuteronômio, Deus instruiu o rei a fazer mais do que simplesmente ler a Lei: "Quando sentar-se no trono para reinar, copiará esta lei para si num rolo, na presença dos sacerdotes levitas” (Dt 17:18). O processo de escrever a verdade seria mais proveitoso para o rei do que meramente lê-la; o mesmo é verdade para nós. Escrever pode ser uma ferramenta importante na leitura bíblica. Notamos palavras que não tínhamos notado antes, nos dando novos insights. Além disso, o simples processo de registrar o que lemos também garante que teremos mais probabilidade de lembrar dessas palavras. Um estudo mostrou que quando passamos de ouvintes passivos para ouvintes ativos escrevendo o que temos aprendido, nossa retenção aumenta de 10 porcento para 40 porcento.

Se tivermos um caderno e uma caneta ao lado de nossa Bíblia ao lermos, para registrar o tesouro de hoje, algum dia olharemos para trás e pensaremos: “Eu tinha me esquecido completamente desse insight”. Ele pode significar até mais em reflexão futura. Isso já me aconteceu várias vezes. Alguns dos meus momentos mais preciosos com a Palavra ocorrem quando eu releio minhas anotações cheias de versículos e pensamentos registrados há muito tempo.

Deus disse para os israelitas oferecerem seus sacrifícios regularmente diante do Senhor, e, então, Ele prometeu: “ali eu virei ao encontro do povo e falarei com você” (Êxodo 29:42). Se o sacrifício deles fosse esporádico, eles também perderiam a promessa de Deus para recompensar sua consistência ao falar com eles. Somente encontrando-O regularmente é que podemos aprender a ouvir Sua voz. Com a força de Deus, podemos dizer com o Rei Davi: “Não oferecerei ao Senhor meu Deus holocaustos que não me custem nada”. Dedicar tempo na Palavra sempre nos custa esforço, tempo, até sono, mas que privilégio é dar a Jesus algo que nos custa.

Se você deseja passar tempo com Deus, siga em frente com sua pequena vontade e Deus o recompensará com mais vontade. “Uma coisa que me ajudou foi pedir que Deus me ajudasse a ter mais vontade”, uma amiga disse. Então, ela acrescentou: “Mas tendo vontade ou não, tem que fazer!” Se você tivesse uma fome consumidora para ouvir Deus falar, você planejaria seu dia em torno desse encontro. Por que não fazer esse plano agora?

•Decida o melhor horário do dia para você ouvir. Deixe pelo menos 15 minutos. Logo você descobrirá que 15 minutos é muito pouco.

•Separe um caderno para registrar seus tesouros.

•Resolva manter seu compromisso com Deus para os próximos 21 dias—o período de tempo para estabelecer um novo hábito.

•Peça para o Espírito te guiar ao decidir por onde começar. Então, leia crendo que Ele tem dirigido você. Muitos começam com o Novo Testamento.

•Chegue à Palavra com expectativa de oração. "Fala, Senhor, pois o teu servo está ouvindo” (1 Sm 3:9). Deus falará com você de forma fresca como Ele falava com aqueles que escreveram a Bíblia. Suas palavras ainda estão vivas. “Elas não são palavras inúteis. São a sua vida” (Dt 32:47). Se você chegar ansiando por um encontro com Deus e desejando obedecer o que Ele diz, sua vida será transformada.

Aletha Hinthorn: fundadora do Come to the Fire (blog), escritora e autora do How to Read the Bible so It Changes Your Life.

Public

Similar news

Dez, 05, 2022
Nov, 10, 2022